Amados calos: #PHpoemaweek

13:45

Começo a caminhada, descalça estou. Meus pés delicados apreciam a sensação de liberdade e o carinho da areia sob suas plantas. Penso que não será tão difícil quanto imaginei e já corro feliz, logo chegarei se continuar nesse ritmo.

Então surgem pedregulhos. A fina pele sangra me forçando a caminhar cada vez mais lentamente. Cada passo é um martírio e meus pés passam a odiar o caminho que escolhi. Por que nos maltrata? Eles me questionam. Mas não desisto, embora perceba que não será tão fácil como imaginei.

A pele já não é tão macia, transforma-se em grossa casca. Calos que aos outros enfeiam meus pés, mas para mim são minha salvação. Já não sangro, minhas pisadas são firmes e mostram ao chão que não o temo. Posso voltar a correr.

O sofrimento me calejou, e graças aos meus amados calos posso aguentar a caminhada.

Não achei foto melhor, vai essa mesmo #fail

P.s: Esse texto foi escrito para o desafio #PHpoemaweek , que vi no blog da Vanessa Chanice(clique aqui). Achei muito legal o desafio, toda quinta um tema diferente!

You Might Also Like

6 comentários

  1. Muito bom! Gostei do seu poema.
    Pés "feios" (calejados, endurecidos) pertencem a pessoas fortes, que transformaram provas em experiência.
    um abraço!

    ResponderExcluir
  2. Muita força! :3

    Ana ♥
    http://aruivablog.blogspot.pt/ N/POST

    ResponderExcluir
  3. Nossa, adorei! "O sofrimento me calejou, e graças aos meus amados calos posso aguentar a caminhada.". Parabéns!!

    heythony.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. "Penso que não será tão difícil quanto imaginei e já corro feliz, logo chegarei se continuar nesse ritmo."

    Tudo se torna mais fácil quando a gente pensa assim. Passei por aqui porque fiquei curiosa em saber mais sobre você a partir do seu comentário e só me encantei. Parabéns por ser quem é.

    www.martinhabarreto.com

    ResponderExcluir
  5. Simplesmente amei esse belo texto, parabéns pelo blog, continuar nesse ritmo que as grandes coisas virão! beijo.
    www.ficarbem.com

    ResponderExcluir
  6. Nossa você escreve com uma leveza! Impressionante. Amei.
    Tem texto novo no blog, irei deixar o link para caso quiser dar uma olhadinha:http://autorasentimental.blogspot.com.br/2016/01/para-onde-ele-for.html
    Beijo e muito sucesso.

    ResponderExcluir

Já falei demais!Deixe seu recado:

Like us on Facebook

Flickr Images