Carta para mim no passado, há 10 anos

18:05

Minha grandiosa Bruninha:



Poderia te mimar com belas ilusões, dizendo que todos os seus sonhos tornaram-se realidade e você chegou lá. Mas mentiras graciosas não fazem bem, como você ainda vai aprender. Daqui a 10 anos a Bruna não terá conquistado nem 20% do que planejava a adolescente. E necessariamente isso não será ruim.

Seu caminho fará mais voltas do que imagina, mas não se desespere. Procure ampliar seu olhar e apreciar a vista. Não precisa correr, mas também não pare diante de obstáculos. Garota, como você é forte! Ainda não tem consciência do seu potencial, e muitas vezes se subestima. Por favor, não se machuque aprisionando-se em si mesma! Sua vontade de crescer é importante, porém não deixe que esmague os prazeres da vida.

Seja mais tolerante com seus erros. Você não é perfeita e nunca será. E isso não deve ser vergonhoso. Também seja mais paciente com as falhas alheias. Algumas amizades perdidas farão muita falta, enquanto outras serão uma libertação. Apure sua sensibilidade para distinguir os amigos dos colegas. Aqueles que querem seu bem daqueles que sugam sua energia.

E o mais importante: Nunca esqueça que eu te amo, com todos os defeitos e qualidades.



Fica bem,
Bruna Matos



P.s: Post do desafio "12 cartas em 12 meses" do blog Garota do Interior. Sim, sou a louca dos projetos XD

You Might Also Like

2 comentários

  1. Muito bom! Muitas vezes eu quis poder enviar uma carta para o meu eu do passado. Avisaria para ter calma que tudo no fim dá certo. Que o melhor está por vir. Que suas convicções irão cair por terra uma e outra vez ao longo dos anos.
    Chega a emocionar a sabedoria que vamos acumulando à medida que o tempo passa.

    ResponderExcluir
  2. Que carta linda!
    Acho que o que você escreveu aí resume todos nós!
    A gente cria planos e, mais tarde, percebemos que somos melhores sem eles.

    Beijo!
    entretermos.com

    ResponderExcluir

Já falei demais!Deixe seu recado:

Like us on Facebook

Flickr Images